Tag Archives: albergues

Young Hearts Run Free

10 set

“Free” é uma das palavras do vocabulário inglês que possui significados um tanto abrangentes. Pode significar desde “liberdade” a “grátis”, duas coisas que têm tudo a ver com este post.

Na Europa, jovens até 25 anos podem desfrutar de descontos e vantagens em vários estabelecimentos comerciais e culturais, tais como museus, shows, cinemas, lanchonetes, etc.

Quando fiz meu intercâmbio, tirei o Jovem Card (também conhecido como European Youth Card), da ong EURO<26. Não são todos os lugares que aceitam o cartão, mas, vamos combinar que qualquer coisa que possa significar descontinhos em uma viagem é bem-vinda, não é mesmo?

Em certos lugares, nem cartão precisa. Basta mostrar algum documento que prove que você tem até 25 anos.

Também tirei o Hostelling International. Confesso que foi pouquíssimo usado, pois sempre acabávamos optando por albergues que não estavam na rede HI. Mas, como eu disse, qualquer desconto ajuda, então, não custar tirar.

No Reino Unido, é impossível não ter…

… o 16-25 Railcard!

Este eu recomendo de verdade; é obrigatório ter um!!! Graças a ele pude viajar bem mais pela malha ferroviária britânica pagando bem menos.

É um cartão que dá aos jovens de até 25 anos 1/3 de desconto nas passagens de trem, que são beeem salgadas (e não nos esqueçamos que estamos falando de libras)! Garanto que o cartão vai ser um diferencial importante.

E pra quem vai morar na Grande Londres ou pretende ir com frequência à cidade, é muito bom ter um Oyster Card, um cartão para ser usado no metrô. São várias as categorias do Oyster: visitantes, estudante, adulto, etc. É uma mão na roda também!

Agora, é só aproveitar a viagem sem deixar de saving your money. 🙂

P.S: Este post é dedicado à Aline, uma leitora do blog. Queria ter esrito antes dela  viajar para o intercâmbio na Inglaterra, mas, infelizmente, não deu. Aline, espero que ainda dê tempo de aproveitar essas dicas aqui. Boa sorte na sua busca por um luggage ao sol! 😀

Anúncios

The Hostel (sim com “S” no meio!)

31 maio

Não, não se trata de um erro de digitação. Mochileiro com “M” maiúsculo, guerreiro, aventureiro (resumindo: desgranado) fica em hostel (albergue) e não em hotel. Mas não se engane! Albergue na Europa não é abrigo de homeless, tá? Tem alguns que são até melhores que alguns hotéis, mas, o nível de conforto é diretamente proporcional ao preço. Ou seja, maior comodidade significa maior preço também.

São várias as condicionantes que influenciam na hora de escolher um quarto. Se está de turma grande ou com pouca grana, vale a pena investir nos quartos coletivos, que costumam ter camas para 8, 12, 16 e até 32 pessoas. Quanto mais gente dividindo o quarto, mais barato. A desvantagem é que sempre tem aquele inconveniente que ronca alto, ou a turma que chega no meio da madrugada fazendo barulho ou acendendo a luz.

Se o grupo for pequeno, sempre vale dar uma olhadinha nos “private room”. Ficar num quarto só com pessoas amigas e com banheiro próprio (nem sempre o private room vem com banheiro. Observem isso na hora da reserva) não tem preço, não é mesmo? Ou melhor, tem sim e geralmente não é baratinho. Rsrsr!

Tudo depende da proposta da viagem e do que cada pessoa está disposta a enfrentar e a pagar. 🙂

Fique sempre atento às avaliações do ex-hóspedes

Fique sempre atento às avaliações do ex-hóspedes

O meu site preferido para procurar hostel é o HostelWorld, seguido do Hostelbookers. Os dois tem uma interface bem prática e o mais importante: disponibilizam o “customer rating” logo de cara, ou seja, a avaliação dos clientes. Então, vamos ao nosso primeiro mandamento: não escolha hostel com menos de 65% de aprovação.

Mas, detalhe: além de ver a porcentagem, veja também o número de pessoas que avaliou. Tipo: se tiver 100% de aprovação e só um avaliador, não vale!

Não importa se o preço for bom, se as fotos parecem ser bonitinhas, se a maior parte dos clientes avaliou mal o local, passe direto, ignore, nem perca tempo pensando se vale à pena arriscar.

Depois, vamos às especificações de cada avaliação. Os albergues são avaliados segundo vários critérios: higiene, localização, segurança, tranquilidade, serviço, etc.

Os mais importantes, na minha opinião, são:

– Higiene (cleanliness): Ninguém merece ficar num local com o banheiro sujo, quarto com insetos, cozinha gosmenta.

– Localização (location): apesar de mais caros, albergues bem localizados significam mais economia no transporte, já que podemos visitar os principais pontos da cidade a pé. Hospedar-se, por exemplo, na zona 1 de Londres, ou no bairro Las Ramblas, em Barcelona, é possibilidade de conhecer a cidade andando e curtir o melhor da noite perto do próprio albergue.

– Segurança (security): Junto à localização é importante avaliar a segurança. Se o povo disser que é perigoso à noite, ou que qualquer estranho entra no hostel sem se identificar: esquece!

Outros detalhes que merecem observação:

Horários: alguns albergues, principalmente os cristãos, tem dead line pra abrir e fechar. Ou seja, se escolher esse tipo de albergue, saiba que se você não voltar ate o horário limite vai ter que passar a noite na rua. Por via das dúvidas sempre localize um McDonalds 24h por perto, just in case…

Café-da-manhã: às vezes, vale pagar um pouquinho a mais pra ter café-da-manhã disponível.

Documentação: a maioria dos hostels pede pra ficar com algum documento dos hóspedes. Entregue sua carteira de identidade, de motorista, mas evite deixar o seu passaporte.

Taxas: os albergues sempre cobram um adiantamento de 10% no ato da reserva e, caso você pague com cartão de crédito, tem mais uma taxinha. Fique atento a isso! Na hora de pesquisar o preço e pagar a taxa, veja em que moeda você está pagando (libra, euro, dólar…)

Comprovante: é sempre bom imprimir os comprovantes de reserva, principalmente em alta temporada, quando alguns hostels costumam praticar overbook. Alguns tem essa prática e não estão nem aí se você, mesmo com a reserva feita e os 10% pagos , fique sem quarto. Leia sempre os termos e as condições.

IMPORTANTE – Além de ver a porcentagem de avaliação de cada quesito, sempre leia os comentários dos ex-hóspedes. Alguns dias depois do seu check-out os sites costumam enviar por email um formulário de avaliação sobre os albergues.

Não deixe de preencher, de elogiar caso o hostel seja bom, ou de dizer eu é uma merda se for ruim. É graças a essa troca de experiências e da colaboração de cada um que essas redes de hostels são tão boas e que a gente pode ter certa idéia de onde vai amarrar o burro, ou melhor, a mochila, a cada nova viagem.

Flashback – Roteiro do primeiro mochilão

24 abr

Há cerca de um ano, minhas únicas preocupações eram: pra onde eu vou nas próximas folgas? Será que vai ter albergue disponível nessa época? E promoção de passagens? 🙂

Desta vez, compartilho aqui no blog um email que enviei ao meu pai e minha irmã, com o roteiro do primeiro mochilão pela Europa. É muito importante fazermos esses roteiros e enviar pra família aqui no Brasil e deixar com alguém de confiança na cidade onde você esteja morando. Seja um amigo, a sua “host”, entidade no exterior responsável pelo seu intercâmbio, enfim…

Afinal, nunca se sabe o que pode acontecer com o bater de asas de uma borboleta lá do outro lado do mundo… Por falar nisso, vocês já viram O Albergue? Hahahah Brincadeira!

Ah, sim! E prestem atenção nos nomes dos aeroportos e das cias aéreas porque estes detalhes vão ser bem importantes em posts futuros. 🙂

Oi, pai e Lyna. Td bem?

Minhas férias já começam no próximo final de semana. Segue o roteiro e a logística da minha viagem.

Abraços,

ROTEIRO

LONDRES

12, 13 e 14 de abril

Estadia: Casa da Renata

BERLIM

15 e 16 de abril

Estadia: BaxPax Kreuzberg Hostel (Skalitzer Str. 104, 10997 Berlin)

Phone: +49 (0) 306951 8322

AMSTERDAM

17, 18 e 19 de abril

Estadia: Shelter City Hostel (Barndesteeg 21, 1012 BV)

Phone: +31 2062 53230

BARCELONA

20 e 21de abril

Estadia: Gaudi Youth Hostel (Plaza Urquinaona 5, 1-2, 08010)

Phone: +34 9331 76555

PARIS

22, 23 e 24 de abril

Estadia: Casa da Celine

VOLTA PRA LONDRES

25 de abril

LOGÍSTICA

LONDRES- BERLIM

Companhia aérea: Ryanair

From London (Stansted) (STN) to Berlin (Schonefeld) (SXF)

Tue, 15Apr08 / Flight FR8546

Depart STN at 18:45 and arrive SXF at 21:30

BERLIM – AMSTERDAM

Trem: BHAN

17Apr08

Berlin Hbf 16:38 / Amersfoort an 22:23 / Amersfoort ab 22:28 / Amsterdam Centraal an 23:01

AMSTERDAM – BARCELONA

Companhia aérea: VUELING AIRLINES

Vôo: VY5148

Hora de Partida: 09:45 / Hora de chegada: 11:55

BARCELONA – PARIS

Companhia aérea: Ryanair

22 Apr 08 / Flight 9107

Depart Barcelona (Girona) (GRO) 19:55 / Arrive Paris (Beauvais) (BVA) 21:40

PARIS – LONDRES

Companhia aérea: Easyjet

Sex 25 Apr / Voo 2456

Partida 18:05 (Paris Charles de Gaulle) / Chegada 18:20 (Londres Luton)